Cirurgia de Pálpebras​

São José do Rio Preto

Dr Danilo Chammas
Cirurgião Plástico

CRM: 134452 | RQE: 50228

Assista ao Vídeo

Clique para agendar

Perguntas e respostas sobre Cirurgia de Pálpebras

A blefaroplastia (cirurgia das pálpebras)  trata o excesso de pele, bolsas de gordura e flacidez muscular da região das pálpebras, podendo, em certos casos, melhorar o aspecto funcional além de estético. Não acarreta prejuízo funcional às pálpebras, desde que a evolução pós-operatória seja normal.

Não existe uma idade ideal para realizar a blefaroplastia. A indicação para a correção do defeito poderá ocorrer em qualquer idade, caso o paciente sinta-se incomodado com a aparência ou funcionalidade das pálpebras.

Pacientes que por essas razões apresentam um aspecto indesejado na pálpebra podem optar pela realização do procedimento. Ele pode ser feito em homens e mulheres a partir dos 18 anos, desde que haja uma necessidade real e expectativas alinhadas com as possibilidades do procedimento.

Não existe uma idade ideal para a blefaroplastia e sim indicação para a correção do defeito a ser corrigido que poderá ocorrer em qualquer idade.

Não. Não usamos curativos oclusivos na blefaroplastia, apenas recomendamos a colocação de compressas frias, várias vezes ao dia, para evitar o edema acentuado.

O inchaço e a equimose (manchas roxas) na cirurgia das pálpebras são piores nos primeiros 3 dias, mas varia a cada paciente. Este é o período em que recomendamos o uso de compressas geladas e dormir com travesseiros mais altos evitando assim um aumento do inchaço e ajudando na redução das manchas.

Não. Neste caso somente a toxina botulínica tem como corrigir. A Blefaroplastia não irá alterar a movimentação da musculatura em torno dos olhos, consequentemente não irá corrigir as rugas causadas pelo movimento (pés de galinha).

No geral, os resultados da blefaroplastia podem ser vistos após o 1° mês somente, mas depende de cada caso devido à regressão do inchaço e cicatrização do paciente. Resultado definitivo após 3 a 6 meses.

No que se refere às cicatrizes, elas tendem a ficar bem finas e disfarçadas nos sulcos da pele. Na pálpebra superior ela se mantém escondida no sulco palpebral e na pálpebra inferior, bem abaixo da linha ciliar.

Como toda cirurgia, deve ser aguardado o período de três meses para amadurecimento da cicatriz. Devido à localização elas podem ser disfarçadas com uma maquiagem leve desde os primeiros dias.

Anestesia local com ou sem sedação, dependendo do desejo do paciente.

Cerca de 6 a 12 horas após a cirurgia caso haja sedação. Se for somente anestesia local, poderá ir embora após o procedimento ser concluído.

Geralmente, em torno de 2 horas.

Em torno de 7 a 10 dias. Os pontos são extremamente finos e dados internamente, mas devem ser retirados para evitarmos reações inflamatórias e consequentemente cicatrizações inadequadas.

A blefaroplastia não é uma cirurgia dolorosa, sendo que nas primeiras 24 horas pode ocorrer um pouco de ardor, mas ele é resolvido com o uso de analgésicos comuns prescritos pelo médico. Alguns cuidados nessa fase ajudam para uma recuperação mais rápida e bem sucedida, como:

  • fazer compressas com soro gelado (algodão ou gaze embebida), várias vezes ao dia, durante 20 minutos, nos dois primeiros dias no mínimo;
  • ter uma alimentação livre, mas balanceada;
  • usar óculos escuros para expor-se ao sol, evitando-o principalmente enquanto estiver com manchas roxas, pois pode manchar a pele;
  • dormir com travesseiros mais altos ou cabeceira elevada na primeira semana para evitar um inchaço maior;
  • evitar traumas e coceiras nos olhos;
  • utilizar todas as medicações prescritas pelo médico;
  • realizar drenagens linfáticas para regressão rápida do inchaço e remodelação das cicatrizes, evitando assim as retrações;
  • retomar às atividades normais após 3 dias.

Veja outros tratamentos

Lifting

Rinoplastia

Otoplastia