Lipoaspiração

São José do Rio Preto

Dr Danilo Chammas
Cirurgião Plástico

CRM: 134452 | RQE: 50228

Assista ao Vídeo

Clique para agendar

Perguntas e respostas sobre Lipoaspiração

O cirurgião realizará uma incisão no local a ser aspirado e com o auxílio de cânulas, a gordura localizada passará por uma sucção. De acordo com as indicações de segurança do procedimento o limite a ser retirado deve ficar entre 5% e 7% do peso corporal do paciente, não devendo exceder essa quantidade por questões estéticas e de segurança. Em geral, o procedimento pode ser feito em qualquer área do corpo com gordura localizada, sendo as mais comuns:

  • coxas;
  • abdômen;
  • flancos;
  • costas;
  • braços;
  • pescoço (papada);
  • pernas.
  • Pacientes com boa saúde e com pele firme e elástica.
  • Pacientes que tentaram eliminar a gordura através de dietas, exercícios e que ainda continuam com alguns depósitos.
  • Pacientes com áreas distintas de gordura localizada, desproporcionais ao restante do corpo.
  • Pacientes um pouco acima do peso e com expectativas reais de resultado.
  • Pacientes que entendem que a lipoaspiração não substitui a real perda de peso.

A diversidade de técnicas faz com que seja possível optar por procedimentos menos invasivos em casos de mudanças mais pontuais. Entre os tipos de cirurgia estão:

  • Lipoaspiração comum: é realizada com uma cânula que suga a gordura localizada da região definida, podendo ser feita com anestesia local, bloqueio ou geral;
  • Lipoescultura: como visto, a lipoescultura permite a retirada da gordura localizada de uma região, tratamento dela e colocação em outra área do corpo desejada para um contorno corporal mais próximo do almejado;
  • Vibrolipo: nesse procedimento, a cânula faz movimentos vibratórios, que facilitam a penetração no tecido gorduroso. Este aparelho permite um procedimento de melhor qualidade e recuperação pós-operatória mais rápida
  • Lipoaspiração a laser: procedimento que utiliza a cânula e também uma fibra ótica com emissão de um feixe de luz (laser) para quebrar as membranas das células de gordura e facilitar a aspiração, reduzindo o tempo de procedimento;
  • Lipoaspiração ultrassônica: a cânula de aspiração emite ondas de ultrassom que auxiliam a quebra da gordura.
  • Lipo HD, Lipo High Definition, Lipo de alta definição: lipoaspiração que favorece o desenho da musculatura. Geralmente as tecnologias de vibrolipo e ultrassom são utilizadas para ajudar o cirurgião na remoção mais superficial da gordura.

A definição da técnica utilizada deve ser realizada em conjunto com o cirurgião plástico considerando a região operada e os desejos estéticos do paciente.

A LIPOASPIRAÇÃO é o nome dado a uma técnica que através da sucção retira o excesso de gordura de uma determinada região do corpo. Por sua vez, a LIPOESCULTURA utiliza esta gordura retirada para a injeção em outras partes do corpo para preencher depressões ou modelando. Chamamos de enxerto de gordura.

Nunca programamos uma cirurgia pelo volume a ser retirado e sim pela eliminação do depósito de gordura a ser tratado, com definição do contorno corporal, porém existe sim uma porcentagem segura que não deve ser excedida para segurança do paciente. O limite a ser retirado deve ficar entre 5% e 7% do peso corporal do paciente.

Uma dúvida muito comum é sobre quando fazer lipoaspiração e se o procedimento é recomendado no caso de flacidez e excesso de pele na região abdominal.

Destaca-se, entretanto, que a técnica não é indicada para esse tipo de ocorrência, pois não tem capacidade de remover flacidez e pele, apenas a gordura localizada abaixo da epiderme.

Nesse tipo de demanda a recomendação é realizar uma abdominoplastia, sendo possível fazer as cirurgias plásticas conjuntamente para um resultado mais satisfatório.

O resultado final de uma lipoaspiração é visto após 6 meses, e varia de acordo com o paciente e seus cuidados no pós-operatório (drenagens linfáticas).

Anestesia local, bloqueio (raqui ou peri dural) a geral. Irá depender das áreas aspiradas e se haverá associação com outras cirurgias.

Destaca-se que antes de prosseguir com a cirurgia o médico deverá solicitar uma série de exames para verificar o quadro de saúde do paciente. Outras solicitações podem ser realizadas de acordo com as particularidades do caso. O profissional ainda vai verificar medicamentos atualmente ingeridos e ajustá-los, conforme a necessidade clínica.

Se o paciente fumar, a indicação é que o tabaco seja interrompido, pelo menos, um mês antes da cirurgia, pois além de complicações durante o procedimento pode resultar em mais dificuldades na recuperação e cicatrização.

No dia da cirurgia o paciente deve comparecer ao hospital em jejum de 8 horas, sem uso de cosméticos ou joias e usando roupas confortáveis.

Varia muito de pessoa para pessoa, e depende também do volume e das áreas aspiradas, mas em até menos de 7 dias o paciente poderá retornar às suas atividades. O desconforto maior e a dor acontecem nos dois primeiros dias. Após o início das drenagens linfáticas a melhora é significativa. O edema (inchaço) e as equimoses (manchas roxas) persistem por até 15 a 21 dias. Este prazo pode ser maior ou até menor dependendo de cada paciente.

Veja outros tratamentos

Lifting

Abdominoplastia

Prótese Mamaria