Mastopexia com Prótese

São José do Rio Preto

Dr Danilo Chammas
Cirurgião Plástico

CRM: 134452 | RQE: 50228

Assista ao Vídeo

Clique para agendar

Perguntas e respostas sobre
mastopexia com prótese

A mastopexia com prótese é uma cirurgia plástica das mamas indicada para reverter o caimento dos seios e reposicionamento da pele flácida de forma a elevar as mamas até a posição inicial e garantir a estética e simetria delas.

 

O procedimento é indicado para pacientes que não estão satisfeitas com o volume dos seios e com o excesso de flacidez e caimento deles.

As mamas poderão ter seu volume mantido, ou aumentado se  for o caso, e levantada através da cirurgia; entretanto, passarão por vários períodos evolutivos:

  1. PERÍODO IMEDIATO: Vai do primeiro ao 30º dia. As mamas já apresentam um aspecto bem melhorado, sua forma estará aquém do resultado planejado. Nenhuma mama ficará “perfeita” no pós-operatório nesta fase.
  2. PERÍODO MEDIATO: Vai do 30º dia até o 8º mês. A mama estará mais próxima da forma definitiva. É comum alguma insensibilidade ou hipersensibilidade do mamilo.
  3. PERÍODO TARDIO: Vai do 8º ao 18º mês. Período que a mama atinge seu aspecto definitivo (cicatriz, forma, consistência, volume, sensibilidade). Espera-se sempre uma acomodação da mama (chamamos de báscula) e o grau de elasticidade da pele das mamas tem grande importância no resultado final.

Incisão em geral no formato “T” associado a incisão periareolar. Qualquer cicatriz passará por diferentes fases:

  1. a) PERÍODO IMEDIATO: Vai até o 30º dia. Apresenta-se pouco visível e algumas apresentam uma reação discreta aos pontos ou ao curativo.
  2. b) PERÍODO MEDIATO: Vai do primeiro ao 12º mês. Neste período acontece um espessamento normal da cicatriz, e mudança na tonalidade da sua cor. Pode passar do “vermelho”para o “marrom” mas, aos poucos, vai clareando.
  3. c) PERÍODO TARDIO: Vai de 1 ano a 1 ano e meio. A cicatriz tornar-se mais clara e menos consistente atingindo, assim, o seu aspecto definitivo. A avaliação do resultado definitivo da cicatriz das mamas deverá ser feita após este período.

Em geral, há perda importante do resultado pois o tecido mamário irá ganhar volume por conta da lactação, o que aumentará o peso da mama, com risco aumentado de queda do tecido. Quanto à lactação e amamentação, poderá ser prejudicada se a redução da mama na cirurgia tiver sido muito acentuada, ou dependendo da técnica utilizada.

Não. Erroneamente as pacientes acreditam que a prótese mantém as mamas erguidas, mas ao contrário do que imaginam, podem acelerar a descida delas dependendo do peso destas próteses e posição delas.

Não. A colocação da prótese submuscular pode garantir sim a manutenção desta prótese numa posição mais alta, já que estarão sob sustentação dos músculos peitorais. Porém as mamas continuarão sofrendo a ação da gravidade e com o tempo poderão gerar o que chamamos de “duplo contorno, waterfall ou Snoopy nose”: próteses altas e mamas caídas.

Algumas pacientes podem apresentar sim uma cicatrização hipertrófica ou quelóide. Essa tendência pode ser prevista, durante a consulta inicial, caso a paciente já tenha alguma outra cicatriz. Geralmente, pessoas de pele morena ou orientais têm maior predisposição ao quelóide ou à cicatriz hipertrófica. Porém isso não se trata de uma regra absoluta. Caso exista a predisposição ou aconteça uma cicatriz inestética, existem métodos para se evitar ou mesmo tratar cicatrizes deste tipo.

É utilizada a anestesia geral.

A cirurgia leva entre 3 e 4 horas, e a paciente está liberadas entre 12 à 24 horas após a cirurgia.

É possível voltar a tomas banho completo, 48 horas após a cirurgia. 

Após 30 dias para exercícios leves. Estará liberada para exercícios em geral após 60 a 90 dias, dependendo da evolução cirúrgica.

Quando as próteses são colocadas em posição submuscular haverá um leve desconforto, em forma de pressão, mas resolvida com uso de analgésicos e relaxantes musculares.

No caso das próteses em posição subglandular não haverá dor.

RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS:

  1. Em caso de gripe ou indisposição, avise-nos o quanto antes
  2. Comparecer ao hospital para internação em jejum de 8 hs, inclusive de água, obedecendo ao horário estabelecido.
  3. Evite bebidas alcoólicas, drogas ou refeições muito pesadas na véspera da cirurgia.
  4. Programe-se para um repouso relativo de 4 a 7 dias.

RECOMENDAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS:

  1. Evitar esforços nos 7 primeiros dias.
  2. Por 30 dias é proibido: movimentos bruscos com os braços, pegar peso, deitar de lado ou de bruços e elevar os braços acima da linha dos ombros.
  3. Não se exponha ao sol nem retorne as atividades físicas até a liberação médica
  4. Evite as atividades físicas por no mínimo 15 dias.
  5. Alimentação normal
  6. Suas mamas ainda não estarão com o formato definitivo, por isso aguarde o tempo de no mínimo 3 meses para esta melhor definição.

Veja outros tratamentos

Mamoplastia Redutora

Prótese Mamária

Ginecomastia